O maior erro do Prefeito Assis

A comunicação. Comenta-se que é exatamente aí o maior erro do Prefeito Assis: o equívoco de comunicação do seu governo. Não existe convite oficial. Esvazia-se o calor humano. É quase tudo anunciado por carro de som, Rádio Tudo FM, e pelas redes sociais que parecem obter maior credibilidade junto aos jovens, mas não consegue sensibilizar o coração da cidade, deixar ouvintes e leitores com brilho nos olhos, orgulho no peito. “Os olhos sorrindo”, como dizia Pixinguinha. Em algum lugar a comunicação está errada. Parece estar tratando amigos e adversários como os adversários lhe tratam. Há uma ausência de carisma. E a voz do povo diz: Faltou um pedido de desculpas à comunidade coiteense, pelo atraso nas obras do Jardim da Babilônia. Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Sem punição não há solução

Devemos ver o mundo como uma balança – o equilíbrio – organizado na Lei da causa e efeito (princípios da Doutrina Espírita e similar ao “cosmos ininterrupto de retribuição ética”, de Max Weber em Economia e Sociedade). É o bumerangue da vida. Se formos mais sedentos, se roubamos os outros numa ganância sem freio de sempre ter mais dinheiro e poder, em outro lugar do mundo, ou até mesmo perto de nós, estaremos promovendo o desequilíbrio, a fome, a pobreza, a miséria, que um dia será também o nosso desequilíbrio de consciência, em conflitos internos que jamais conseguiremos entender ou explicar no despertar das madrugadas de insônia. Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Maravilhoso Coité!

Maravilhosa ACCA! Depois de muito tempo voltei àquele clube social e encontrei-o renovado, melhorado, amplo, ventilado… A linda festinha do CEC – Centro Educacional Coiteense, da contemporânea Pró Zenaide Brito foi duplamente linda!. Foi uma sensação gostosa rever a ACCA funcionando tão bem, quando a maioria dos clubes sociais na Bahia e no Brasil está em decadência ou fechados. Lembrei-me das centenas de festas e inesquecíveis micaremes que ali fiz. Parabéns a atual diretoria. Continue lendo

Publicado em Sem categoria | 3 comentários

Conscientização: O eleitor e o cliente

Eu entendo a política partidária e governamental da seguinte forma: ao contrário do empresário que tem no lucro a satisfação por servir ao cliente, – o político -, não deve ter lucro financeiro na sua ação, pois sua matéria prima é o povo. Senão seria a exploração do homem pelo homem (Karl Marx). Líder é alguém que serve (Lao Tsé). Seu prazer será o de testemunhar as pessoas que lidera serem mais risonhas e felizes. Um dom de Deus. Uma ação divina. Deve revelar-se um Ser especial, servidor, carismático, abnegado, voluntarista, missionário, e não um mercenário como escreveu o saudoso presidente do Laboratório Aché, Victor Siaulys, referindo-se à sua ação empreendedora e empresarial de missionário, apresentada no livro Mercenário ou Missionário? Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Quantidade não é qualidade

“Só no governo do PT se fez tanta coisa em tão pouco tempo”.
“O PT criou mais escolas técnicas em 10 anos do que em todo século XX”.
“Com o PT o pobre agora se forma em doutor”.
“Há… O PT roubou, mas o PSDB também roubou”. Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Assis será imbatível?

Assis será imbatível?

Aproximam-se as eleições municipais de 2016, e três nomes despontam no interesse dos eleitores: a reeleição do atual prefeito Francisco de Assis, a volta do prefeito que lhe antecedeu Renato Souza, e ou o retorno pela quarta vez do também ex-prefeito por três vezes, Ewerton Araújo Filho (Vertinho). Além da vontade de materialização política do querido Dr. Robson Cedraz. Continue lendo

Publicado em Sem categoria | 2 comentários

IPTU

Na Escolinha da Vida Hilária também parece ter IPTU:
Armando Volta diria: “Pensei: Porque pagá-lo, por que não pagá-lo, porque pagá-lo, por que não pagá-lo? Paguei-o! Aceite é de coração, sem o menor interesse”;
Samuel Blaustein tripudiria: “Fazemos qualquer negócio. Melhor zero na nota do que prejuízo na bolso”;
Rolando Lero: “Amado mestre… Captei! Captei a vossa mensagem”;
Cacilda: “beijinho, beijinho, pau, pau!”
Ptolomeu: “Estou sempre pronto a lutar pelas jovens indefesas”. Continue lendo

Publicado em Sem categoria | 1 comentário

Não é a crítica que conta

“Toda unanimidade é burra. Quem pensa com a unanimidade não precisa pensar”, ensinou-nos o escritor e mais influente dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues. A gestão da critica sempre tem uma opinião contraditória. Impessoal! O crítico tem olho clínico. Enxerga além do que os outros veem. Sabe discernir com neutralidade entre o certo e o errado. É uma espécie de consultor ignorado. Não carece de prestígio pessoal. Não tem paixão política, mas inferniza sem maldade o comportamento do administrador público. É uma nuvem pesarosa em seu castelo de sonhos. Desse modo, “o governante que não ouve críticas não está preparado para governar”. Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Se eu fosse você

Mas eu não sou você. Portanto, no meu caso, não implicaria tanto com os adversários. Pela tradição política buscaria compreender que os amigos de hoje serão os inimigos de amanhã e vice versa. Uma reflexão sobre a história política dos grandes governantes ilustra a busca de natural equilíbrio. Mais: Se for de sinceridade, se o seu coração está mandando, eu continuaria a beijar as crianças. É um gesto simpático e humano que agrada e faz também pais e mães felizes. Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

As pessoas

A chuva choveu! Diria meu amigo pleonasmo. Foram apenas 35 mm em Coité na tarde deste domingo. Valeu São Pedro. Amenizou aquele calor brabo de 40 graus da última quinta feira. Certo que só choveu até agora 67 mm em 2015, contra os 49 mm da média dos últimos cinco anos nos meses de janeiro e fevereiro, com um saldo positivo de 18 mm. Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário